quinta-feira, 1 de abril de 2010

ImEnSo MaR

Mirei à minha frente o mar, tive certeza de que seria o caminho e nadei, nadei como nunca, por ai e por ali à procura de um e de outro, com medo e sem medo, corajoso e sem coragem, tentando lavar um pasado presente no coração. Por segundos estive certo de estar por ai e por ali como um e com outros e de ter levado o passado-presente . Esqueci de lavar a alma e quando dei por mim estava só, no imenso mar, afogado e por mais que nadasse não conseguia chegar à terra. ISABELA REBOUÇAS

2 comentários:

  1. "A maior sorte do ser humano é ter amigos."

    Bebeu muita agua, mas ela foi posta pra fora..

    ResponderExcluir