sábado, 18 de dezembro de 2010

MeN!NO

Quando você chegou já estava aqui menino.
Vi seus olhos sorrir, você correr e cair chorar pela primeira vez.

Quando no verão passeávamos juntos, menino.
Ouvíamos o som do mar, víamos o sol nascer e renascer, à flor abrir e colorir.

Quando pequeno, menino
Barra da saia vivia a puxar, e os meus olhos lacrimejar,
E vinha correndo ate mim, temperando nosso amor.

Quando o tempo, então, girou a roda do passar,
Fazendo tudo murchar, minhas marcas se revelaram
Em meus cabelos a embranquece los.

Então você cresceu
Meu corpo envelheceu
Então numa manhã
Silenciou o meu cantar
Estou no seu olhar


Quando ao longe sinto subir,
o cheiro da amarela rosa/ jasmim olhando você no quintal.
Raio de sol iluminar, a minha presença ira sentir.

Quando de mim quiser lembrar
Oh, meu menino
Apenas ande a sussurrar, o seu doce cantarolar carinhoso pra mim
Sorrindo a beira mar...

Para sempre vou te amar

Agora já me vou, (não chore!)
Encontrar o meu amor.
Sei que lágrimas vão cair, saudades, lembranças existir.
Dentro do seu coração!

Quando você chegou já estava aqui menino.

Vi seus olhos sorrir, você correr e cair chorar pela primeira vez.

domingo, 21 de novembro de 2010

só pode ser

Porque eu estou parado em uma nuvem
Todas as vezes que você está por perto?
E minha tristeza desaparece
Toda hora que você está perto?

Andando em uma avenida cheia
Outros rostos não representam nada perto de você
E eu não ouço o movimento do trânsito
Apenas a batida do meu coração

Agora eu acredito que sonhos se tornam realidade
Porque você veio bem quando eu te desejei
Isso não pode ser apenas coincidência

Posso ver isso em seus olhos
Cheio de maravilhas e surpresas
E só agora eu percebi
Mesmo disfarçando, posso ver isso em seus olhos
Você só pode ser um anjo.

EU!

Eu apenas quero viver simples e livremente
Eu apenas quero dar o fora
Guarde todas as suas besteiras para outro dia
Sou o único que pode me salvar de mim mesmo

Deixando a casa às quinze para cinco
Estou tropeçando em minhas botas e pronto pra sair
Me sinto tão animado, me sinto tão vivo

Deixo meu cabelo cair e sinto o vento em minha pele
Cruzando a água onde começa minha nova vida
Eu fecho os olhos e aceito tudo o que vier

Eu não preciso de ninguém tentando me mudar

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Eu prisão de mim, você!

Doce amor,estou preso no seu doce amor
Eu me abri, estou certo de que posso confiar
Meu coração e eu fomos enterrados sob o pó
Me liberte, liberte a nós dois
Você é tudo o que eu preciso quando eu te abraço forte,
se você for embora, eu vou sofrer hoje à noite


Enfrentei tanta coisa sozinho, tão novo
As paredes que eu construí se tornaram meu lar
Eu sou forte e sei o fogo que existe em nós
Doce amor e tão puro
Eu respiro com um único coração a bater
E me agarro a mim mesmo, por favor não destrua isso



De repente o momento está aqui
Eu abraço meus medos
E tudo que eu carreguei por todos esses anos
Eu arrisco tudo?
Caminhei tanto para cair?
Cair...

Eu encontrei um homem em quem confiar
E garoto, eu acredito em nós
Estou aterrorizado por amar pela primeira vez
Você percebe que estou preso em correntes?
Eu finalmente me encontrei
Estou preso em você

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Alguém o Outro, Alguém!

Alguém fica aos pedaços dormindo completamente só.
Alguém acaba com o sofrimento, prolongando o silêncio
Outro, finalmente se afasta

Alguém fica excitado, em uma capela de jardim
Apenas apanhando um buquê.
Outros colocam uma dúzia de rosas brancas sobre um túmulo.

Alguém encontra uma salvação em cada um,
Outro apenas sofrimento

Alguém tenta esconder a si mesmo
Triste, por dentro, ele faz uma prece
Alguém jura amar de verdade, até o fim

Outros fogem
Separados ou juntos
Saudáveis ou insanos
Alguém o Outro, Alguém!


Até quando você pagou o suficiente
colocou tudo em ordem, ou realizou tudo?

Fica a lembrança do bem e do mal
dos rostos sortudos, enjaulados.
Não deixe de dormir essa noite,
Tenho certeza que tudo terminará no lugar certo.

Você talvez vença, ou perca.

Ou outro, Alguém.

        M Sousant
Eu ando pelas ruas até que eu fique perdido
Como um cemitério escuro carregando uma cruz
Eu gosto de estudar rostos num estacionamento
Eu gosto de mariposas-ciganas e de conversas de rádio
Eu gosto de usar roupas coloridas no sol
Eu gosto de colocar minha voz e quebrar guitarras
Eu gosto de brincar na areia, o que é meu é nosso

Se isso não me fizer lembrar de nada.

As coisas que eu amei, as coisas que eu perdi
As coisas que eram sagradas para mim e que eu abandonei
Eu não mentirei nunca mais, você pode apostar
Eu não quero aprender o que eu precisarei esquecer


Dobre-me e dê-me forma
Eu amo o seu jeito
Devagar e docemente
Como nunca antes
Calmo e dormindo
Nós não provocaremos o passado
Tão discretamente
Nós não olharemos para trás

Porque isso não me faz lembrar de nada.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Quero-te na real, em tempo real para que os pensamentos sentidos ao longe possam ser realizados na presença.

Entretanto estar junto apenas basta, em ser tempo verdadeiro partido ou por inteiro.

Sendo um nino sem asas caído de um ninho, socorrido por ventos amparados na chuva que refletia o sol

Olha, olha La ele firme na terra sedenta por verdades regadas em esperanças em aflitas mentiras de solidão existente no carrinho de rolimã.

Nino que corre no tempo de ampulheta contra o vento, lançado n’areia quente do mar mais distante onde apenas um em dois pode habitar

Começos de re final desconhecem, vivendo o intervalo para feliz estar em pensar no branco do nino que corre dizendo:

Pode entrar.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

noite1

Difícil não acreditar, não perceber...
Sinais a mim lançados e nada de entender.
Noite coração apertado entre nós desatados eu de você.

noite 2

Pior das solidões.
É estar perto de quem queria estar, estando mesmo diante uma multidão!
E ainda assim estar mais só que um cacto no deserto, esvaindo em...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

9MESES!

Gestação interrompida
sonhos, planos, desejos
de alegria plena conduzida.
6meses de esperança
sorrisos, lágrimas e fantasia
como de uma inocente criança.
3meses de muitas sensações
e o filho então chegou
pequeNino, leve e doce
simbolo de nosso então
Amor.

Marcus Sousant

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Feito bobo!

Sem saber mais de nada
Corro, e sufoco-me
Sem querer acreditar
Sigo
Mais no meu intimo mais seguro
Guardo-te, protejo
Espero, em minhas expectativas...
Desejo bobo de apenas te ver acordar,
Desejo doce
Que ainda esta longe da boca doce,
Desta doce criança!
Que agora adoraria,
Acarinhar...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

ORAÇÂO A XANGÔ

Kaô meu Pai, Kaô
O Senhor que é o Rei da Justiça,
faça valer por intermédio de seus doze ministros,
a vontade Divina,
purifique minha alma na cachoeira.
Se errei, conceda-me a luz do perdão.
Faça de seu peito largo e forte meu escudo,
para que os olhos de meus inimigos não me encontrem.
Empresta-me sua força de guerreiro,
para combater a injustiça e a cobiça.
Minha devoção ofereço.
Que seja feita a justiça para todo o sempre
É meu Pai e meu defensor,
conceda-me a graça de receber sua luz
e de receber sua proteção.
Kaô meu Pai Xangô, Kaô

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Eu Acredito!

Eram aproximadamente 22:00 horas quando um jovem
começou a se dirigir para casa.
Sentado no seu carro, ele começou apedir:
- 'Deus! Se ainda falas com as pessoas, fale comigo.
Eu irei ouvi-lo.
Farei tudo para obdecê-lo'
Enquanto dirigia pela rua
principal da cidade, ele teve um pensamento muito estranho:
- 'Pare e compre um galão de leite'.
Ele balançou a cabeça e falou alto:
-'Deus? É o Senhor?'.
Ele não obteve resposta e continuou dirigindo-separa casa.
Porém, novamente, surgiu o pensamento:
- 'Compre um galão de leite'.
'Muito bem, Deus! No caso de ser o Senhor, eucomprarei o leite'.
Isso não parece ser um teste de obediência muitodifícil...
Ele poderia também usar o leite.
O jovem parou, comprou
o leite e reiniciou o caminho de casa.
Quando ele passava pela
sétima rua, novamente ele sentiu um pedido:
- 'Vire naquela rua'.
Isso é loucura...
- pensou
- e, passou direto pelo retorno.
Novamente ele sentiu que deveria ter virado na sétima rua.
No retorno seguinte, ele virou e dirigiu-se pela sétima rua.
Meio brincalão ele falou alto
- 'Muito bem, Deus. Eu farei'.
Ele passou por algumas quadras quando de repente sentiu que devia parar.
Ele brecou e olhou em volta.
Era uma área mista de comércio e residência.
Não era a melhor área, mas também não era a pior da vizinhança.
Os estabelecimentos estavam fechados e a maioria das casas estavam
escuras,como se as pessoas já tivessem ido dormir, exceto uma do outrolado que estava acesa.
Novamente, ele sentiu algo:
- 'Vá e dê o leite para as pessoas que estão naquela casa do outro lado da rua'.
O jovem olhou a casa.
Ele começou a abrir a porta mas voltou a sentar-se. -'
Senhor, isso é loucura.
Como posso ir para uma casa estranha no meio
da noite?'.
Mais uma vez, ele sentiu que deveria ir e dar o leite.
Finalmente, ele abriu a porta...
- ' Muito Bem, Deus, se é o Senhor,
eu irei e entregarei o leite àquelas pessoas.
Se o Senhor quer que eu pareça uma pessoa louca, muito bem.
Eu quero ser obediente.
Acho que isso vai contar para alguma coisa, contudo, se eles não responderem
imediatamente,
eu vou embora daqui'.
Ele atravessou a rua e tocou a campainha.
Ele pôde ouvir um barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma
criança.
A voz de um homem soou alto:
- 'Quem está aí? O que você quer?'
A porta abriu-se antes que o jovem pudesse fugir.
Em pé,estava um homem vestido de jeans e camiseta.
Ele tinha um olhar estranho e não parecia feliz em ver um desconhecido em pena sua
soleira.
- 'O que é?'.
O jovem entregou-lhe o galão de leite.
-'Comprei isto para vocês'.
O homem pegou o leite e correu para
dentrofalando alto.
Depois, uma mulher passou pelo corredor
carregando o leite e foi para a cozinha.
O homem a seguia segurando
nos braços uma criança que chorava.
Lágrimas corriam pela face do
homem e, ele começou a falar, meio soluçando:
- 'Nós oramos.
Tínhamos muitas contas para pagar este mês e o nosso dinheiro havia acabado.
Não tínhamos mais leite para o nosso bebê.
Apenas orei e pedi a Deus que me mostrasse uma maneira de conseguir leite.
Sua esposa gritou lá da cozinha:
- 'Pedi a Deus para mandar um anjo com um pouco de leite...
Você é um anjo?'
O jovem pegou a sua carteira e tirou todo dinheiro que havia nela e
colocou-o na mão do homem.
Ele voltou-se e foi para o
carro, enquanto as lágrimas corriam pela sua face.
Ele teve certeza que Deus ainda responde aos verdadeiros pedidos.

Quanto
tempo você leva para parar um pouquinho e ouvir Deus?

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

"Glamour"

Tudo está em como você se move,
não deixe as roupas te usar tudo está na atitude.
Aqui vamos nós:Passando blush, cílios longos, rímel forte,
Lábios, olhos, bochechas.
Dê a graça do estilo,melhor estar preparado(a) para a sua foto.
Entre na luz para o seu close perfeito.
Seja superficial, é sua única oportunidade.
Solte a diva que está lá dentro de você: Preparar, apontar, já (vadias)
Agora estale, Aqui vamos nós na Passarela queimando,
Deuses da moda inspirados Perca o controle, inibições selvagem
Vá até o chão na sua melhor alta costura
Vamos lá e me levante, Ooh Viva, ame isto, respire isto, arrase, glamour
Agora estale, agora bata palmas, Agora dance, agora pare vamos fiquem glamourosas (moda é um estilo de vida) Tudo está na atitude

Borboleta Preta!

Um beijo e despedir, um dia lindo a surgir.
À vontade sem obrigação, entre o sim e não.
Necessário como o tempo, difícil aceitação.
Continuidade interrompida, agora um frio na sua mão.

Borboleta anuncia o desejo de quem cria.
Com doce beijo seu igualzinho, na pontinha do nariz.
Natureza que é leve flutuante: leva bem devagarzinho.
Esta linda nova flor que fez sentir sozinho.
Borboleta quando enfim terminar a passagem.
De sua mão a outra, neste dia vermelho abençoado.
A aquela cujas semelhanças são tantas.
Para que juntas tricotem lindos mantos coloridos e estampados.

Voa Borboleta Preta,
Alegrando os nossos corações,
Que sofrem com o inevitável passar do tempo.

Mais protegidos delicadamente a sua sensação.

                                                         M Souasnt

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Morrer Em Outro Dia

Eu vou acordar, sim e não.
Eu vou beijar alguma parte de...
melhor guardar esse segredo,
agora vou fechar meu corpo
Sigmund Freud:analise isto!
Eu vou quebrar o ciclo,
sacudir o sistema e destruir meu ego
Agora vou fechar meu corpo
Por cada pecado vou ter que pagar
Uma hora para trabalhar, outra pra brincar
Tem tanta coisa pra saber ainda
Acho que vou encontrar outra saída
Evitar o clichê, bloquear meus sentidos, retardar meu prazer
Agora vou fechar meu corpo
Acho que vou morrer outro dia
Não é a minha hora de ir [risos]
Eu preciso me deitar

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Meu Coração Está Cansado de Tanta Maquiagem!

Make-up de embelezar,
transfigurar esconder ou apenas maquiar mesmo.

 São tantas as camadas que ficam cada vez mais difícil encontrar o verdadeiro.

Olhos que buscam a essência escondida por tanta camuflagem, e impede de enxergarmos alem...

Um batom para ludibriar o desejo, sorrisos plastificados de coringas cinematográficos de fácil alegria. 

Onde estão todas as cicatrizes que revelam nossa idade e experiência?

Nos acostumamos a maquiar tanto, que hoje se torna difícil encontrar a verdade natural por baixo de toda essa base.

Oh, essas verdades derretem ao sol e escorre com a chuva, essa artificialidade é que nos causa indecisão.

Maquiagens mesmo que belas e perfeitas, e cheias de palavras, e sorrisos de que tudo é lindo e verdadeiro.

Perceba: olhe fundo nestes olhos sensíveis, ternos e de muita verdade e percebera que eles custam em torno de cem reais numa ótica, e nunca dizem o que realmente quer, e sim o que você quer escutar.

Hei, você mesmo...
 Após a cena lave bem o rosto, pois meu coração esta cansando de tanta maquiagem.


                                                                                                M Sousant

domingo, 8 de agosto de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

"Que basta me perder para me encontrar"


Personagens, conflitos, incertezas-percepções da realidade transformada em palavras; a imagem que fala a palavra que vislumbra só por ser “destino”
.
Que por puro serem os sentimentos lentos podem nos deixar no leito, deixar os alagados zoios brilhando, seja lá ou cá sob os efeitos das luzes... luzes deste luar minguante em poente raiar sereno...sorria vermelho preto lábio!.. brinque de isqueiro para não acabar...escorra como vinho e não sucumbir... Não entendo porque essas coisas boas e ruins acontecem com a gente... Eu só sei que meu corpo vai embora mas meu coração fica aqui, em tuas mãos.

Quando eu morrer, também morrerei de AMOR.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

me entenda, nos meus pensamentos



continuação....

Leva-me alem do que eu possa imaginar, permita que o sol de fim de tarde ilumine o meu olhar molhado... preciso de um pouco de calor... quero enxugar o meu rosto, acender um sorriso: se isso for possível...
Mas se não quiser me ajudar entenderei... vou entender que não esta disposto a me entender, que os meus pensamentos são insiguinificantes  e que não é digno de um se quer afeto...  vou entender que preciso ser malicioso mesmo com aqueles que são de suma importância para mim,  como aqueles que um dia falaram de carinho... especialmente com aqueles que me fizeram acreditar em sentimentos inabaláveis...
Não se preocupe por mais doloroso que seja os nós são sempre desatados, e as lagrimas tornam-se risos... acharei o meu manancial e apagarei você da minha mente... a aminha lama precisa de um descanso.
                                                                                                             

domingo, 11 de julho de 2010

DeSpEdIdA!

Por mim, e por vós, e por mais aquilo que está onde as outras coisas nunca estão deixo o mar bravo e o céu tranqüilo: quero solidão. Meu caminho é sem marcos nem paisagens. E como o conheces ? - me perguntarão. - Por não Ter palavras, por não ter imagem. Nenhum inimigo e nenhum irmão. Que procuras ? Tudo. Que desejas ? Nada. Viajo sozinha com o meu coração. Não ando perdida, mas desencontrada. Levo o meu rumo na minha mão. A memória voou da minha fronte. Voou meu amor, minha imaginação ... Talvez eu morra antes do horizonte. Memória, amor e o resto onde estarão? Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra. (Beijo-te, corpo meu, todo desilusão ! Estandarte triste de uma estranha guerra ... ) Quero solidão. Cecília Meireles

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Rolling Stone Brasil fala mal de "Bionic"




A revista Rolling Stone é uma das revistas de música mais respeitadas no mundo todo, mas parece que os editores e jornalistas da versão brasileira  tem que repensar suas atitudes e rever o público alvo da revista. Na edição deste mês, a revista fez uma crítica sem nexo e equivocada sobre o álbum "Bionic", dando-lhe 1 estrela, de 5. Confira a crítica:


Antiga estrela teen tenta renovar sonoridade com resultados negativos.


''Fato: as melhores músicas do quarto disco de Christina Aguilera são as que não lembram o que a cantora fez no passado. Em ''Bionic, produzida por Switch e John Hill, ela lembra M.I.A. - semelhança ainda mais clara em 'Elastic Love'', coescrita pela cingalesca. E aí há ''My Girls'', produzida e coescrita pelo Le Tigre (soando como uma versão menos nervosa do grupo de Kathleen Hanna). ''Woohoo'' tem uma batida ousada criada por Polow Da Pon, mas o vocal gritado de Xtina soa deslocado ao lado da convidada Nicki Minaj. E quando você é a pior parte de seu próprio disco...Bom, talvez seja o caso de repensar a carreira.''
Nota: 1/5

Obs: o crítico que fez esta review provavelmente não conhece a carreira de Christina e a lógica de seu proceso criativo. É obvio que lembra M.I.A. pois ela está no disco como produtora. Repensar seria uma ótima ideia para a carreira de tais jornalistas e do rumo de toda a revista.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

me entenda, nos meus pensamentos

O vento frio da noite dissipa a tensão que ferve o meu corpo... o ar preso em meus pulmões, é como se houvesse um nó na minha garganta que me sufoca como o passar lentamente de cada segundo...

Como poderei então gritar por ajuda? Como é horrível agonizar assim... as lagrimas tentam inutilmente disfarçar o meu semblante desnorteado... os meus olhos se fecham, e o sombrio torna-se permanente...

Onde esta você? Es o motivo da minha inquietação... tira-me daqui, leva-me para bem longe...desate o no existente na minha garganta e sussurre doces palavras para me acalmar...


(escutando "save me from myself")

CONTINUA...

segunda-feira, 5 de julho de 2010

N!nO em ObservaçãO.

Enquanto te observo a escrever penso: serei eu que transito por seus desejos? Entre muitos jeitos, formas, sins, nãos e porquês me encontro observando. Sob leito hospitalar, onde tudo tão branco incomoda o enxergar... mesmo que sendo por motivos de dor lá se encontra. É mais só assim me encontro, ou melhor, (me encontro prestes a ser invadido), pesquisado em saber o que de fato existe. Imagina, estou sendo então observado, sobre seus olhos que me encantam. Julgam ou ate amam. Sendo observado num universo inteiro de bonecos no branco hospitalar... Chances segundas, únicos momentos/oportunidades... Enquanto o observo a escrever, escrevo isso acho que sem nexo algum. Poderia eu ter simplificado só me reter a observá-lo. (e quando observamos por quem se perde em lugares vazios ou imensamente abarrotados percebo o que há um noturno significado misto: ou ama-lo ou... melhor não pensar). Enquanto o observo, percebo bobo que só quero me apaixonar.

4º Capitulo

Olhe nos meus olhos...
Volte pra min vai!
Salve-me, pare estas maquinas ordinárias agora: “minha” pequeno.
Não é nada finito, é só reflexão.
Qual o problema, se uma estrela nunca esta em apagada...
Dominação, muito couro, brilhos, paetês...
minha nuca, peitos, boca... seu.
Desliza ate meu intimo vai!!!
Solte-me deste corpo de garoto que encontro “into me”.
Um quarto de muitos antes do ultimo meia 9.
Acendam as luzes de néon, ao menos antes de ladies and gentleman,
como rainha da noite.

Marcus Sou'Sant

sábado, 3 de julho de 2010

Bionic é um dos melhores álbuns do ano pela Billboard

ARTISTA: CHRISTINA AGUILERA ALBUM: BIONIC (Nova York) - Nós podemos ter muita paixão por muitas divas, mas é preciso Christina Aguilera para nos lembrar que cantar é o que importa. Isso não é dizer que seu último álbum "Bionic" é sobre toda a sua voz, uma acrobata muscular que ficou mais elegante com a idade. Combine isso com a intenção de trabalhar com um diverso número de produtores e você tem o melhor álbum pop do ano até agora. Claro, "Bionic" foi feito para um mundo pós-Gaga, onde as comparações são inevitáveis e as apostas de vendas, altas. Porém, da inquieta introdução da faixa título (produzida por Santigold, John Hill & Switch) para a punky "My Girls" (produzida por Le Tigre e com rap de Peaches) para o glorioso arraso em "All I Need" (Sia Furler co-produziu os vocais), o cd de 18 faixas mostra uma artista confiante o suficiente para tomar direção da sua carreira com uma equipe criativa. Por ela ser ousada o suficiente para fazer de sua maneira, Aguilera mantém seu reinado. A revista Billboard fez uma matéria sobre o álbum Bionic, descrevendo-o como um dos melhores álbuns de Pop deste ano.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Hoje o coração amanheceu apertadinho, apertadinho... Vontade de chorar danada. Ontem os olhos não se concentravam no todo e sim num único e lindo foco. Não sei mais como seguir: em pensar, e talvez desistir seja a fuga mais fácil! E quem disse que gosto de facilidade... ownn vontade danada de beijar, aquele serio observar. Vem que quero te dar um doce!

sábado, 26 de junho de 2010

Saudades! Naquele dia eu "recresci". Perdi essa parte tão importante de mim que sei lá... Oh, as lágrimas não secaram, só estão guardadas para que surjam com sorrisos, os mesmos de quando te via ao chagar...

quinta-feira, 24 de junho de 2010

QUANTO CU$TA?



Amar...
Acreditei sempre, imaginava todas as flores de primavera e suas cores, e sorrisos e o beijo... Este levemente adocicado. Amor, como possibilidade, e agora me parece tudo bem inverdade! Sonoro grita... Sejam bem vindos ao sexo! Só no que pensam. As flores de outono secas caindo em chuva é mais bacana.
Sexo na prateleira, isso sim dizem ser o mais legal: fast food
Dificuldade, problema venham ate aqui. Para que se torne mais divertido a minha estadia! Perigoso esse vermelho, hein... Escândalos eletrifiquei a noite toda com, aquele meu amigo intimo. Acham ele/eu carinhoso doce como o verde limão, risos. mais parece um capataz: 'Queima ele/ela" gritam eufóricos ( será que sabem?)Meu místico assassino entrega-me só com o olhar..Estou no centro do alvo, escuto o tambor da roleta russa soar.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

...

Olhe fundo nos meus olhos e diga: aqui um UNIVERSO! Não gosto da idéia de sofrer em um lugar solidão, penso no parque de diversões onde diversos são os olhos fixos sobre si. Mesmo brincando neste carrossel parado me percebo refletir: queria não esta só, e sim com você. Mais enquanto gigante roda a roda no tempo continuemos aqui, só sob sombras no frio de verão outonico... Aqui um universo de cores, num arco-íris em preto e branco, raio/trovão. Fogo queria agora sentir o vermelho lábio seu junto ao meu.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

1# mOmenTo!

Eu estou a ponto de quebrar Não posso parar esta dor Eu estou viciado no seu encanto Estou precisando de uma cura Cada passo que eu dou Me conduz para um erro E eu continuo indo de volta A única coisa que eu preciso... Eu não consigo curar, esse estado indeciso que estou Não tendo nada em troca, o que eu fiz pra merecer Essa dor dessa lenta queimadura E pra todo lugar que me viro Eu continuo voltando pra coisa que eu preciso Me afastar

domingo, 13 de junho de 2010

Tire a Roupa

Qual é a sua indulgência, Me diga qual é o seu vício? Você gosta de safado, você gosta do legal? Eu sou seu fornecedor de luxúria, amor e fogo esta noite Tudo o que você desejar é seu, se pedir da forma certa Sussurre todos os seus fetiches em minha orelha Meu domínio é desenvergonhado, então perca seus medos Nada é demais ou de menos, muito leve ou severo Madame Sedução só tem uma regra enquanto você estiver aqui Escuchame, me escute Tire a roupa (Ficar nua) Tire a roupa (Para mim) Tire a roupa (Tirar sua roupa) Livre-se agora

sábado, 12 de junho de 2010

Urubus

Repentinamente perdido dentro de uma fantasia Nem tudo é o que parece ser Escorregando e caindo pelo olho mágico Espiando todas as mentiras que se escondem por trás das máscaras Você desaparece com o nascer do Sol Você só vê o que você quer Eles observam e se alimentam Eles pegam o que precisam Eles mordem enquanto você sangra Tomar a pílula azul só te fez chorar E tudo que a pílula vermelha fez foi fazer você esquecer o porquê Não há certo, não há errado Você só ver o que você quer Quando você está solto com os urubus

Sexo no café da manhã

Agitação e movimentos fazem meu apetite aumentar, toda a noite Esperando pela manhã, deitado, não consigo esperar mais, é tão forte Nossos corpos se tocam, eu não consigo me satisfazer Eu quero te amar, te amar, te amar, te amar, te amar Não vou deixar você dormir, preciso satisfazer minhas necessidades Eu preciso te amar Pode se atrasar para o trabalho, mas eu prometo que vai valer à pena, querido Não vá, Tenho tanta fome de você, me prove que eu provo você Não tem como impedir o que eu vou fazer para te deixar no clima E eu posso ver a luz do dia entrando pelas cortinas E eu tenho tanta certeza, logo irei sentir seu mel fazendo meu suco fluir Creme de framboesas é como um sonho, minha fantasia é real Quando a manhã chegar, eu sei também chegarei E quando o Sol nasce só tem algo em minha mente Eu quero sexo no café da manhã (eu preciso, eu quero), Fique dentro de mim (quando a manhã chegar) E apesar de termos feito amor a noite inteira Eu preciso de sexo no café da manhã, parece tão certo (tanta fome de você) Prove-me, eu provarei você Sexo no café da manhã Tudo pronto (parece tão certo)

sexta-feira, 11 de junho de 2010

A copa de MANDELA!

Menos de 20 anos após fim do apartheid, começa nesta sexta primeiro Mundial africano. Morte de bisneta tira líder sul-africano da abertura

Tudo que eu preciso !

Beijar seus lábios, beijando-lhe dos pés à cabeça Desejando para isso, esperando para tudo o que sabemos Audição você respira, você sair e voltar Oh, como nós tomamos, como damos nós aprendemos Tomando meu tempo, vendo os sinais Deixando-me guiar para casa Vendo você crescer, permitindo que você saiba Você é minha única Você me traz esperança quando eu não consigo respirar Você me dá amor, você é tudo que eu preciso Lentamente, eu estou te abraçando perto Você está envolto em meus braços e você está dentro de mim Diga-lhe os meus medos, dizendo-lhe tudo Dizer a verdade para você me dá asas Livre com as minhas palavras, livre como um pássaro Estou voando alto olhando para você Tudo novo, você é minha vida Você me traz esperança quando eu não consigo respirar Você me dá amor, você é tudo que eu preciso Lentamente, eu estou te abraçando perto

domingo, 6 de junho de 2010

*Nutrir sentimentos tão bacanas e verdadeiros por alguém a qual nunca sentiu o cheiro ou se sentiu por inteiro, em metade de tempo são inacreditáveis as possibilidades no gostar.

terça-feira, 1 de junho de 2010

eU!

Eu sou tímido e sou supersensível Eu sou um leão ariano... Eu estou cansado e defensivo Você me pega em seus braços E eu caio em você, é eu tenho inseguranças Você me mostra que eu sou bonito Me ame ou me deixe, pegue ou largue. Eu sou temperamental e tenho imperfeições, Sou emotivo, sou imprevisível, estou nu Eu sou vulnerável, sou um homem E estou me abrindo a você Não é que eu esteja necessitado Só preciso que você me veja Pegue-me, me liberte, veja através de mim até meu íntimo Pegue-me, me liberte, não terá mais fingimento Me posto à sua frente com meu coração em minhas mãos Estou pedindo para você me aceitar do jeito que eu sou Por favor, descanse os braços Você me conhece, faz me sentir seguro contra o mal Porque eu...

sábado, 29 de maio de 2010

Você Me Perdeu

Para mim, acabou A arma ainda está quente Ela venceu E agora não é mais divertido Nós perdemos tudo O amor se foi Nós tínhamos mágica E isto é trágico Você não conseguiu segurar as próprias mãos Me fez chorar. Oh, eu chorei mesmo Nós nos perdemos, O amor morreu? E apesar de termos tentado Você não pode negar Só restou nossa casca Nós perdemos a luta Eu sinto como se nosso amor estivesse infectado E de alguma forma, você me deixou negligenciado Nós descobrimos que nossa vida mudou Ei… você me perdeu

domingo, 23 de maio de 2010

Não gosto da idéia de solidão. Já pensei na possibilidade de ficar só. Ontem estive sozinho, fui à praia. A beleza e segredos do mar que rompendo o silêncio quase mórbido ao se chocar nas rochas: quase chorei! Estava lá vivo muito presente na minha cabeça a sua imagem (como agora). Liguei e nada, ate que me retornou querendo me ver. Nem acreditei. Corri me banhei e foi lindo o nosso encontro. Mas este não é meu. Sou' Sant

E, RIsos, Corações...Kbon!

Baby quando eu penso sobre o dia em que nos conhecemos, eu não estava procurando pelo que encontrei,mas eu achei você e eu estou destinado a achar a felicidade perto de você eu estou contente fazendo amor com você, com o jeito que você fez eu me sentir, quando ando com você segurando minha mão, por você saber como ser um homem Eu te adoro e parece que vai explodir minha cabeça e meu coração por pensar em ti eu estou tão contente de você ter vindo pra minha vida eu verifico o jeito como você desce e você ainda sabe como me prender mistura perfeita, masculina eu acho que estou amando, droga finalmente eu estou contente por você ter se tornado essa pessoa especial, que dá a vida o valor de viver eu estou contente por você estar aqui, apenas me amando ( ou ao menos se permitindo ser amado)então, diga que você não vai me deixar porque desde o dia em que você apareceu eu tenho estado contente.
E quando o mundo parecia ruir E quando tudo parecia ruim Apareceu você Aqueles olhos me lembravam o mar Aquela boca me fazia sonhar E eu só queira estar ali Tudo mundo quer eu sei Alguém pra ligar Nos momentos mais felizes nos mais triste também Deixa o coração bater Ninguém pode evitar O encanto já existe deixe o tempo correr Vamos falar de amor Andar pelas ruas Cabelos ao vento O sentimento é bom Abraço apertado Beijo molhado O dia nasceu E ainda estou com você

quinta-feira, 20 de maio de 2010

PoR OnDe?

Por onde andas aquele gato maroto de malhas cinza, que no outono que como vento que corre leve veloz sobre as gramas, e depois circula o espelho lago d’água em busca de um beijo. Por onde anda? Acredito que em busca do calor verão, pensando fugir deste desértico frio de inverno edificado nosso, mas, que sente frio, pois sozinho um outro gato não há de consolar... Por onde, hein! sOu' SaNt.

domingo, 9 de maio de 2010

Mon!

Toda sua vida que você perdeu carregando seus machucados e tristezas. Quando qualquer um que tenta fazer você ficar triste, lembre-se apenas de quem ainda está em sua volta Isso acabou, e nós somos forte e nunca teremos que voltar lá novamente Oh mãe, nós somos mais forte de todas as lágrimas que você chorou Oh mãe, não olhe para trás porque ele jamais irá te machucar novamente Então mãe, eu agradeço você por tudo o que você fez e ainda continua fazendo Você me tem, eu te tenho, juntos nós iremos viver bem novamente Nós sempre viveremos bem. Eu te amo mamãe.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

bRiNqUeDo ToRtO

Esqueci as regras do jogo e não posso mais jogar. Veio escrito na embalagem, use e saia pra agitar. Vou com os outros pro abate o meu dono vai lucrar. Seja cedo, ou seja, tarde, quando isso vai mudar? Não me diga: eu te disse Isso não vai resolver Se eu explodo o meu violão, o que mais posso fazer? Isso é tão desconfortável, me ensinaram a fingir. E se eu for derrotado, nem sei como me render. E eu me vendo como um brinquedo torto E eu me vendo como uma estátua. Me veja como algo real...

segunda-feira, 12 de abril de 2010

[Não sou eu mesmo essa noite]

Você sabe que essa noite Estou meio descontrolado Esse sou eu? Você quer ficar louco Porque eu não dou a... Estou sem personalidade numa forma rara E se você me conhecesse de verdade Você saberia que esse não é o normal Porque estou fazendo coisas que normalmente não faço O velho "eu" se foi, me sinto novinho E se você não gostar, foda-se A música está tocando e estou dançando Normalmente fico no canto Estou me sentindo diferente Não importo, porque essa é a minha noite Estou dançando muito, tomando várias doses, estou me sentindo bem Estou beijando todos os garotos e garotas Alguém chame um médico porque eu perdi a cabeça De manhã Quando eu acordar Eu voltarei a ser o garoto que eu era Mas, amor, não essa noite Eu não sou eu mesmo essa noite Essa noite, não sou o mesmo garoto É, isso é bom Eu precisava disso Ficar louco Vamos?! Isso mesmo Venha!? Venha comigo agora, não pare...

mIlHaS dE DiStAnCiA

Eu acabei de acordar de um sonho confuso Você nunca acreditaria nas coisas que eu vi Eu olhei no espelho e vi o seu rosto Você olhou diretamente a mim, você estava a milhas de distancia Todos os meus sonhos desaparecem Eu nunca serei O mesmo Se você pudesse me ver do jeito que você ve você mesmo Eu não posso fingir ser outra pessoa Quando não há ninguém por perto, eu tenho você aqui Eu começo a ver a foto, ela se torna tão claro Você sempre teve um grande coração Mesmo quando nós estamos a seis mil milhas de distância Sem nenhum som, Desconfortável silêncio pode ser tão forte Essas três palavras nunca são suficientes Mas é agora distante, amor Tão longe Você sempre me ama mais, ouvi isso na sua voz, você não está com medo de me dizer, Eu acho que nos estamos no nosso melhor quando estamos a milhas de distância Eu estou bem, não é desculpa, mas é verdade Quando eu for você vai perceber Que eu sou a melhor coisa que aconteceu com você Tão longe

quinta-feira, 1 de abril de 2010

ImEnSo MaR

Mirei à minha frente o mar, tive certeza de que seria o caminho e nadei, nadei como nunca, por ai e por ali à procura de um e de outro, com medo e sem medo, corajoso e sem coragem, tentando lavar um pasado presente no coração. Por segundos estive certo de estar por ai e por ali como um e com outros e de ter levado o passado-presente . Esqueci de lavar a alma e quando dei por mim estava só, no imenso mar, afogado e por mais que nadasse não conseguia chegar à terra. ISABELA REBOUÇAS

quinta-feira, 18 de março de 2010

seu sorriso rasgado me faz falta, neste momento minha maquiagem borra por conta de um lagrima....

AnJo

O amor nos eleva acima de onde nós pertencemos, onde as águias voam, acima de uma montanha alta...E não há montanha tão alta nem rio tão extenso, eu estarei sempre lá ao seu lado. Tempestades podem surgir e estrelas colidirem, mas se tivesse que morrer neste exato momento não temeria, pois nunca conheci plenitude como estar ao seu lado, sentindo seu calor, amando cada sussurro seu...Pra que viver a vida de sonho em sonho...Embora nada nos mantenha juntos poderiamos roubar o tempo...poderiamos ser herois para todo o sempre. O amor é como oxigênio.

domingo, 14 de março de 2010

NiNo QuE bAlANçA vIdA Em fOgO

Nino moreno chocolate, palhaço sem picadeiro, cão sem dono, Coraçãozinho dor dilacerado, num desabrochar da rosa chá. Hei! Lembra das paredes que ergui, das frases que escrevi só para te lembrar? Aquelas mesmas que fizeram magoar... todas as mensagens lembradas continuam lá, O sorriso rasgado de um belo palhaço serio, alem do cheiro marcado em min também está. Se de fora me vê, estou vivo, feliz, firme sobre meu caule firme pé estou. Nino, olhe mais de perto, daquele jeito que só você sabe reconhecer meus sinais invisíveis, olha ainda mais de perto que o batuque ritmado vermelho presente esta sozinho, triste, vivo que nada... Morri quando foi em um doce, e leve dia algodão doce flutuante, deixou de regar com beijos, suo e lagrima este teu amor. Momentos de dias e noites que não o vi, Momentos que não salve nos de mim, Verdades explicitas num olhar sorriso doce de ao longe imaginar... Quando tiver um tempo pra salvar-me de min: Nino saudade moreno rosa chá SOU' SANT

sábado, 13 de março de 2010

FaÇa AlTeRaÇÕeS...

Oh, minha menina és de tudo que mais belo existe Ver tua beleza é esquecer tudo que há de triste Tua presença Aline é tão sublime quanto o mar e o ar E estar sempre ao teu lado é ser amado e ter pra sempre o teu Olhar que faz meu bem querer, sustenta meu amor Que faz com que a cada dia eu te ame mais... Sei que a tua boca já beijou a outra que não a minha Sei que já amou a outros quando não me conhecia Mesmo assim Aline teu carinho me tomou o peito Hoje sem você não mais consigo ser do mesmo jeito Então dedico a ti esta canção Tentando em notas dizer Que eu te amo tanto Tentando gritar ao mundo Aline sem você confesso eu não vivo Sem você minha vida é um castigo Sem você prefiro a solidão A sete palmos do chão
seu sorriso rasgado me faz falta, neste momento minha maquiagem borra por conta de um lagrima....

segunda-feira, 8 de março de 2010

...

E enquanto chover lá fora, nestes domingos de março, aqui dentro chove também... Esperando o abrir de um guarda-chuva que a intensidade ajude a diminuir... Se fizer muito frio, busca aquele pedaço esquecido ou ao menos guardado em seu coração... e se assim não aquecido ficar, hum, adivinha...olha pro lado besta.

domingo, 7 de março de 2010

sexta-feira, 5 de março de 2010

SuTiLmEnTe A vOcÊ!

Sutilmente E quando eu estiver triste Simplesmente me abrace Quando eu estiver louco Subitamente se afaste Quando eu estiver fogo Suavemente se encaixe E quando eu estiver triste Simplesmente me abrace E quando eu estiver louco Subitamente se afaste E quando eu estiver bobo Sutilmente disfarce Mas quando eu estiver morto Suplico que não me mate, não Dentro de ti, dentro de ti Mesmo que o mundo acabe, enfim Dentro de tudo que cabe em ti Mesmo que o mundo acabe, enfim Dentro de tudo que cabe em ti E quando eu estiver triste Simplesmente me abrace E quando eu estiver louco Subitamente se afaste E quando eu estiver bobo Sutilmente disfarce Mas quando eu estiver morto Suplico que não me mate, não Dentro de ti, dentro de ti Mesmo que o mundo acabe, enfim Dentro de tudo que cabe em ti Mesmo que o mundo acabe, enfim Dentro de tudo que cabe em ti Mesmo que o mundo acabe, enfim Dentro de tudo que cabe em ti Mesmo que o mundo acabe, enfim Dentro de tudo que cabe em ti. Samuel Rosa / Nando Reis

domingo, 21 de fevereiro de 2010

ReFlExãO bY mOUlIN rOUgE

Frases do musical: "A coisa mais importante que se deve aprender é amar e em troca amado ser" "O amor nos eleva acima de onde nós pertencemos, onde as águias voam, acima de uma montanha alta. " "...E não há montanha tão alta nem rio tão extenso, cante esta canção e eu estarei sempre lá ao seu lado. Tempestades podem surgir e estrelas colidirem, mas eu te amarei até o dia da minha morte..." "Não tenho ciumes, apenas não gosto de que toquem no que é meu" "Se tivesse que morrer neste exato momento não temeria, pois nunca conheci plenitude como estar ao seu lado, sentindo seu calor, amando cada sussurro seu...Pra que viver a vida de sonho em sonho... " "Embora nada nos mantenha juntos poderiamos roubar o tempo...poderiamos ser herois para todo o sempre. " "O amor é como oxigênio." "Por que meu coraçao chora?" "Sentimentos contra os quais nao posso lutarVoce é livre para me deixar, mas apenas não me iluda. E por favor acredite quando eu digo Eu Te Amo" "Espero que não se importeque eu me expresse por palavras. Como a vida é maravilhosa agora que você está no mundo." "Nunca imaginei me sentir assim, como se nunca tivesse visto o ceu antes." "Haja o que houver, aconteça o que acontecer." "Quem nunca esteve em um lugar que nao desejava?" "Podemos ser heróis por um dia." "Obrigado por me curar da minha ridícula obsessão por amor." "O show deve continuar." EXTRAIDO DE:vitabellissima.blogspot.com

LeMbRaR

São 09h16min em Salvador quase 09h17min, de um belo sol no céu em um domingo que promete ser de grandes alegrias. Porem hoje é mais um dia neste quase um ano que não acordo com o som da inesquecível voz cantarolando cantigas de roda... Sim esta voz que por vezes acordei a escutar calou-se nos ventos do físico, contudo ainda de leve esta viva em minhas lembranças, infelizmente não tão clara ate porque preferiria escuta-la e também enxergar todos os sinais e marcas do tempo que compunham seu rosto. Quando chegava o novo dia ela estava lá, doce interprete dançando na sala como se flutuasse sobre as nuvens de um belo paraíso em cores vibrantes, com flores tipo chita e muitas rosas também em tons fortes porem alguns leves como ela... Saudades dos tempos em que podia chegar e certamente a encontraria lá, cansada porem sempre disposta a acarinhar quem quer que fosse, e eu mais feliz porque poderia ao menos dizer: cheguei vó.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Ontem!

Entre lençóis brancos, pipocas brancas
 Em um ensolarado dia amarelo ouro,
manchado por rosas apaixonantes de olhar miúdo e tímido
 De beijos docemente incendiados com stop's estratégicos.

 E noite, fria, quente de calor de corpos quase nus...

 Ah à noite, essa sim muito esperada,
 De dias que não valerão nada, por saudade de alguém.
 Esta noite de lua cheia prata, risos, beijos que não empatam,
o coração de leve bumbo tambor bater.

 E de volta aos lençóis brancos, agora sem as pipocas.
 Lindos, quase nus mas ainda tímidos, adocicadamente inocente.
 Porem de muitos, muitos beijos ardentes sabor mel-paixão,
 E o coração se derrama em lagrimas saltitantes de felicidade.


 Hoje, amanheceu nesta cidade e o sol raiou mais uma vez. 

M Sousant

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

HOJE

Que hoje as brancas margaridas estejam a postos para contemplar o seu primeiro belo sorriso da manha.
Quando lentamente bocejando chegares da janela, e sendo bem rápido vai perceber o amarelo sol - gira em foco a você,
 girando em velocidade nuvem em reflexo como se meus olhos fossem os seus refletidos num espelho d’água.

                               M Sousant

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

NiNo De AsAs RoSa ChÁ!

Num mar de rosas vermelho fogo de felicidades: apaixonante veneno. Quero-te na real, em tempo real para que os pensamentos sentidos ao longe possam ser realizados na presença Entretanto estar junto apenas basta, em ser tempo verdadeiro partido ou por inteiro Sendo um nino sem asas caído de um ninho, socorrido por ventos amparados na chuva que refletia o sol Olha, olha la ele firme na terra sedenta por verdades regadas em esperanças, em aflitas mentiras de solidão existente no carrinho de rolimã Nino que corre no tempo de ampulheta contra o vento, lançado n’areia quente do mar mais distante onde apenas um em dois pode habitar Começos de ré final desconhecem, vivendo o intervalo para feliz estar em pensar no branco do nino que corre dizendo: Pode entrar. sou'sant

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

sábado, 2 de janeiro de 2010

[Roleta Russa]

Respire, respire fundo Acalme-se, ele diz para mim Se você jogar, você jogue para ganhar Pegue uma arma, e conte até três Estou suando agora, me mexendo devagar Não há tempo para pensar, é a minha vez E dá para ver o meu coração bater Dá para ver através do meu peito Estou apavorado, mas não vou sair Sei que preciso passar nesse teste Então simplesmente puxe o gatilho Faça uma oração para você mesmo Ele diz para fechar os olhos Às vezes ajuda E então eu tenho pensamentos assustadores Já que ele está aqui, é porque ele nunca perdeu E dá para ver o meu coração bater Dá para ver através do meu peito Estou apavorada, mas não vou sair Sei que preciso passar nesse teste Então simplesmente puxe o gatilho A minha vida passa diante dos meus olhos E eu me pergunto se algum dia verei o sol nascer novamente Tantos não tem a chance de dizer adeus Mas é tarde demais pra rever o valor da minha vida Então simplesmente aperte o gatilho